Hj, 12/03, no Calendário Maia é Wajxaqib Kame

Como temer as transformações se elas são a própria vida? Observe o céu, uma planta, um animal, uma célula… Sábias culturas tradicionais como os maias, tibetanos e tantos outros que integram a morte com naturalidade no seu cotidiano. Estar aqui e agora é perceber a constante mudança de tudo. E essa é maior transformação que você pode se dar: estar aqui e agora, neste lugar, neste planeta, neste corpo, com esta mente. Porque tudo muda. Você sabia que uma soneca de 30 minutos é uma soneca de 830km? É, esta é a distância que a Terra percorre em seu eixo a cada 30 minutos…  Permanência? Ilusão pura, sofrimento forte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Me siga no souncloud :)