É uma honra ter a Phyllis na minha linhagem de Reiki! Adorei ler e perceber a semelhança da maneira de sentir a energia ♥

Entrevista em inglês com Phyllis Furumoto (neta de Hawayo Takata), iniciada em Reiki pela vó quando ainda era menina e que desde 1980 vem se dedicando a divulgação e ao compartilhamento da energia Reiki em todo mundo, assumindo o Reiki como objetivo de vida.

“Em minha experiência, a energia Reiki não é dirigida por mim ou controlada por mim. Eu coloco minhas mãos em mim e a energia se move pelo meu corpo. Eu posso realmente sentir uma sensação física de calor, e algumas vezes, formigamento. É como se eu pudesse sentir o sangue movendo-se nos meus vasos. Este é um dos presentes do Reiki – experienciar a energia ao invés de ter de “ter fé” que a energia está presente. É similar a sentir o vento em seu rosto e corpo ao invés de ficar numa casa onde você apenas pode ver os efeitos do vento. Outro presente do Reiki é o sentimento de estar novamente conectada ao meu centro de energia. Algumas pessoas o descreveram (o sentimento) como chegar em casa; outras dizem que é como ser “ligado” de novo. Eu tenho a sensação de que conheci este sentimento no passado e agora estou em contato com a energia novamente, sem esforço. Quando eu me sinto “inteira” é fácil me amar. Quando encontro aquele lugar em mim, ele é também a parte de mim que é capaz de amar cada ser humano como se fosse uma parte de mim mesma. No Reiki, é dado a você o presente de ter sua memória e seu poder inato re-despertos.”

http://learnreiki.org/newsletters/2008-09-Reiki-Newsletter.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>